Montijo lança campanha “Sobras têm valor”

A Câmara Municipal do Montijo lançou recentemente a campanha “Sobras têm valor”. Esta é uma iniciativa que visa promover a sustentabilidade e a cidadania responsável. Está em vigor nos Bairros Periféricos da União de Freguesias do Montijo e Afonsoeiro devendo mais tarde ser alargada ao restante território. O foco desta ação é a separação e valorização eficiente de sobras alimentares.

Estudos apontam que cerca de 40% de todos os resíduos produzidos têm origem em sobras de alimentos. Estes resíduos podem, no entanto, ser utilizados como matéria-prima para novos produtos como compostos para solos, biogás e produção de energia elétrica através de tecnologias de compostagem e digestão anaeróbia. “A valorização das sobras que produzimos no nosso dia-a-dia é um ato de respeito mútuo e um investimento no bem-estar coletivo”, afirma o Presidente da Câmara do Montijo, Nuno Canta.

A separação na origem e reciclagem de biorresíduos será obrigatória em todo o território nacional (incluindo no setor da restauração) a partir de 31 de Dezembro de 2023. A campanha agora lançada pela autarquia do Montijo tem como objetivo dar uma resposta proativa a essa obrigatoriedade e conta com o cofinanciamento por parte do Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR), apoiado pelo Fundo de Coesão Europeu.

Para além do setor residencial, o projeto é também destinado a setores específicos como hotéis, restaurantes e cafés. “Para garantir o sucesso do projeto precisamos de todos. Este é um esforço comunitário e cada um tem um papel a desempenhar “, apela a autarquia em comunicado.

O projeto está integrado num plano mais amplo de sustentabilidade que abrangerá todo o território nacional até 2030. No mesmo comunicado, a autarquia salientou o exemplo dado pela cidade do Montijo: “O envolvimento de todos fará do concelho do Montijo um exemplo a seguir em termos de gestão ambiental e de sustentabilidade”

Durante as próximas semanas várias equipas de sensibilização devidamente identificadas entrarão em contacto com residentes do concelho de forma a explicar o projeto e solicitar a sua participação ativa no mesmo através do preenchimento de um formulário de adesão. Desta forma, a Câmara espera poder monitorizar o desempenho da campanha através de indicadores que poderão apontar ajustes futuros que possam vir a ser necessários.

Para mais informações sobre esta iniciativa poderá entrar em contacto com a Câmara Municipal do Montijo através dos canais habituais.

PARTILHE NAS REDES
- PUBLICIDADE -

Você também pode gostar:

Asas-para-o-Montijo
Atualidade
Asas para o Montijo

O Verão aproxima-se e com ele virão novas rotas da companhia Ryanair. E o