Reabertura do Convento de Jesus

O local onde foi ratificado o Tratado de Tordesilhas, tem a sua data de reabertura marcada para dia 15 de Setembro, Dia da Cidade e de Bocage. Falamos da reabertura do Convento de Jesus, que abrirá, finalmente, portas após mais de duas décadas de abandono e decadência.

Este longo tempo de encerramento ao público, foi resultado tanto da “falta de vontade como de coragem política” para resolver o problema deste importante “monumento nacional e de interesse internacional”. Todo o Convento de Jesus, “ao contrário do que acontecia no passado”, passará a ser um espaço museológico, com mais de quinhentas obras de arte em exposição. 

A colecção de pintura quinhentista, que esteve nos últimos anos no antigo Banco de Portugal, regressa ao Convento, numa nova galeria especialmente preparada para esta finalidade e onde as pinturas serão recolocadas como estavam originalmente expostas.

“Embora tratando-se de um monumento nacional, foi a Câmara Municipal de Setúbal que assumiu esta responsabilidade e que fez com que a obra chegasse ao fim, como está agora a acontecer. É um grande orgulho para Setúbal que a sua Câmara Municipal tenha assumido esta responsabilidade e já esteja nesta fase final de edificação”, pode ler-se também no site da Câmara Municipal de Setúbal (CMS).

Apesar dos contratempos, considerados normais neste tipo de obras de requalificação, como fornecimento da pedra, que deve ter características específicas, com a dimensão dos vidros a instalar, tudo isto de forma a respeitar a classificação como monumento nacional, os setubalenses não precisam de esperar muito mais pela inauguração do Museu de Setúbal, que já tem a sua data de reabertura marcada para dia 15 de Setembro, como já referimos.

O projeto de requalificação do Museu de Setúbal/Convento de Jesus incluiu três fases de intervenção, representando um investimento global de perto de nove milhões de euros, tendo sido iniciadas em 2015. Esta primeira etapa focou-se na recuperação estrutural de todo o convento, com execução da cobertura e restauro da ala poente. 

A ala nascente e duas outras salas foram também intervencionadas e construiu-se um novo edifício para a área técnica do Museu de Setúbal, tendo ainda sido integralmente escorada a Sala do Coro Alto e Deambulatório.

A segunda fase do projeto, concluída em outubro de 2020, envolveu todo o exterior do Convento, bem como o Deambulatório, a cafetaria, duas salas, a Sala da Roda e instalações sanitárias.

Por último, a terceira e fase do projeto de requalificação do Museu de Setúbal/Convento de Jesus, teve por objetivo a beneficiação e o alargamento da área expositiva do equipamento cultural. 

A reabertura definitiva de tão importante espaço, constitui um enriquecimento significativo do património cultural e histórico de Setúbal e do país. Por esta razão, o dia 15 de Setembro, trará mais motivos para uma visita a Setúbal. Não se esqueça!

PARTILHE NAS REDES
- PUBLICIDADE -

Você também pode gostar:

Setubal-ECOXXI
Atualidade
Setúbal “é” ECOXXI 

A Câmara Municipal de Setúbal (CMS) aprovou em reunião pública a candidatura ao galardão

Arvore-da-Liberdade
Atualidade
A "Árvore da Liberdade" Celebra os 50 Anos do 25 de Abril em Setúbal

No dia 25 de Abril, Setúbal inaugurou a “Árvore da Liberdade”, uma peça de

ExpressArte
Cultura
Express'Arte Celebra 25 Anos e 50 Anos de Liberdade

O Express’Arte – Encontro de Expressões Artísticas está de volta para a sua 25ª