Sufrágio: Setúbal, o país e o mundo

O processo eleitoral legislativo no distrito de Setúbal está concluído. O Tribunal de Setúbal, através de edital já afixado e publicado, oficializou os resultados finais do acto eleitoral do passado dia 10 de Março, não havendo alteração aos resultados anunciados desde domingo.

Há apenas a registar a validação de 129 votos nulos que tinham sido atribuídos a diversos partidos. A validação destes votos nulos está relacionada com o entendimento sobre o conceito de voto válido que, normalmente, é mais abrangente na assembleia de apuramento em função do critério uniforme estabelecido.

O círculo eleitoral de Setúbal, que nestas eleições já elegeu 19 deputados para a Assembleia da República, sendo juntamente com o círculo de Braga, o terceiro que mais assentos parlamentares atribui, ditou a vitória do Partido Socialista (PS) com a eleição de 7 deputados que são Ana Catarina Mendes, Miguel de Oliveira Pires da Costa de Matos, António Mendonça Mendes, Eurídice Maria de Sousa Pereira, André Pinotes Batista, João Paulo Rebelo e Clarisse Maria Gaudino Veredas Campos.

Em segundo lugar no escrutínio ficou o partido Chega (CH) que elegeu 4 deputados. Os eleitos são Rita Matias, Patricia Alexandra Martins de Carvalho, Nuno Miguel da Costa Gabriel e Daniel Madeira Caetano Teixeira.

A coligação Aliança Democrática (AD) elegeu também 4 deputados. Os eleitos são Teresa Morais, Paulo Jorge Simões Ribeiro, Bruno Jorge Viegas Vitorino e Sónia dos Reis.

As restantes forças partidárias que conseguiram eleger deputados para a futura Legislatura são a Iniciativa Liberal (IL) que elegeu Joana Rita Madaleno Cordeiro, o Bloco de Esquerda (BE) que elegeu Joana Mortágua, a Coligação Democrática Unitária (CDU) que elegeu Paula Santos e o Livre (L) que conseguiu eleger Paulo Muacho.

De realçar que a taxa de abstenção registada no círculo de Setúbal, acompanhou a tendência de decréscimo verificada a nível nacional, tendo-se reduzido dos 42% nas eleições legislativas de 2022 para 34% no passado domingo. 

A nível nacional os resultados definitivos determinaram a vitória por escassíssima margem da coligação Aliança Democrática (AD) formada pelo PSD,CDS-PP e PPM, que obteve no total 1.867.013 votos, a que correspondem 28,02% e 80 mandatos de deputados na Assembleia da República. Em segundo lugar ficou o Partido Socialista (PS) com 1.812.469 votos, 28%  e 78 deputados.

Em terceiro lugar, como partido mais votado ficou o partido de extrema-direita Chega, que obteve 1.169.836 votos, correspondentes a 18,67% e 50 deputados, deixando para trás a Iniciativa Liberal (IL) merecedora de 319.685 votos, 4,94 % e o mesmo número de deputados da anterior Legislatura, oito; o Bloco de Esquerda (BE) que recebeu 282.314 votos, 4,36% dos votos contados e válidos e 5 deputados.

Com quatro deputados ficaram a Coligação Democrática Unitária (CDU) que obteve 3,17 % e 205.436 votos e o Livre (L) um dos grandes vencedores da noite que foi o destino escolhido por 204.676 eleitores obtendo assim 3,16 % e outros quatro deputados, conseguindo assim a formação de um grupo parlamentar.

O último partido a conseguir representação parlamentar foi o Pessoas Animais e Natureza (PAN) que manteve Inês Sousa Real como única deputada, não indo além dos 1,95 % e 126.085 votos. 

Votaram 59,06% do votantes inscritos nos cadernos eleitorais. A tomada de posse do XXIV Governo Constitucional está marcada para dia 2 de Abril e até lá dar-se-á a formação do elenco governativo a ser apresentado por Luís Montenegro.

Recordamos que o próximo ato eleitoral prossegue no dia 9 de Junho com a realização das eleições europeias.

PARTILHE NAS REDES
- PUBLICIDADE -

Você também pode gostar:

A-Garota-Nao
Atualidade
A Garota Não Recebeu o Prémio José Afonso 2023 pelo Álbum "2 de Abril"

A cantautora Cátia Mazari Oliveira, mais conhecida como A Garota Não, foi a vencedora

Politecnico-de-Setubal
Atualidade
Politécnico de Setúbal: Oferta de 1.212 Vagas no Concurso Nacional de Acesso 2024/2025

O Instituto Politécnico de Setúbal (IPS) está pronto para receber os novos estudantes no

Neutralidade-Carbonica
Atualidade
Compromisso com a Neutralidade Carbónica: Setúbal, Palmela e Sesimbra Juntas pelo Futuro Sustentável

As cidades de Setúbal, Palmela e Sesimbra, localizadas na região da Arrábida, têm dado