Vanguard Properties e Vhils Transformam a Aldeia da Muda num Espaço Artístico Único

A Vanguard Properties, em parceria com a Câmara Municipal de Grândola e o renomado artista Vhils, uniram-se num projeto para transformar a aldeia da Muda num espaço artístico único. Vamos explorar os detalhes desta colaboração inspiradora, que resultará na criação de quatro esculturas da autoria de Vhils, instaladas nas áreas públicas do projeto imobiliário Muda Reserve e doadas à Câmara Municipal de Grândola.

Vanguard Properties e a Revitalização da Aldeia da Muda

A Vanguard Properties é uma empresa reconhecida pelo seu compromisso com a revitalização de comunidades e a criação de valor para as pessoas e regiões em que atua. Neste sentido, a parceria com a Câmara Municipal de Grândola e Vhils para transformar a aldeia da Muda num espaço artístico é mais um exemplo deste comprometimento.

A área pública do projeto Muda Reserve abrigará não apenas as esculturas de Vhils, mas também estabelecimentos comerciais, equipamentos lúdicos e desportivos para a comunidade local. Além disso, o projeto inclui a construção de uma capela projetada pelo renomado arquiteto burquinês Francis Keré, vencedor do prémio Pritzker em 2022.

As Esculturas de Vhils e a Representação da Pessoa Anónima

Vhils é um artista português conhecido pela sua abordagem única de escultura em relevo, que utiliza técnicas como a remoção de camadas de superfície para revelar imagens e histórias ocultas. No caso das esculturas criadas para o Muda Reserve, Vhils propôs três dioramas que acompanham a topografia do terreno e estão inclinadas para o observador, proporcionando uma melhor leitura das mesmas.

Estas esculturas representam a pessoa anónima, uma constante no corpus artístico de Vhils. Composições trabalhadas pelo artista emergem da duna solidificando-se para sempre, representando ninguém em particular, mas, ao mesmo tempo, todos simultaneamente. Esta representação simbólica convida o público a refletir sobre a individualidade e a coletividade, criando uma conexão emocional com as obras de arte.

A Grande Peça Escultórica Adjacente à Capela

Além das três esculturas dioramas, Vhils propôs a criação de uma grande peça escultórica na área adjacente à capela do Muda Reserve. Esta obra de arte desenvolver-se-á por uma área de 800 m², permitindo uma experiência ao nível do solo que as pessoas poderão vivenciar de forma direta, mas que só será visível na sua totalidade de uma perspetiva aérea.

Esta intervenção artística promete ser uma experiência imersiva e impactante, proporcionando aos visitantes uma perspetiva única da obra de Vhils. A combinação da escala monumental da escultura com a interação próxima com o público cria um diálogo íntimo entre a arte e o espectador.

O Impacto Social e Cultural do Projeto

Além do seu valor estético e cultural, o projeto de transformação da aldeia da Muda num espaço artístico único também visa beneficiar a comunidade local. A criação de estabelecimentos comerciais, equipamentos lúdicos e desportivos proporcionará oportunidades económicas e de lazer para os moradores da região.

A iniciativa também reforça o compromisso da Vanguard Properties com a preservação e valorização do património cultural e natural. Ao investir na revitalização da aldeia da Muda, a empresa contribui para a conservação de um local com história e identidade, ao mesmo tempo em que o torna mais atrativo para visitantes e futuros moradores.

O Reconhecimento Internacional de Vhils

A participação de Vhils neste projeto é um testemunho do reconhecimento internacional alcançado pelo artista. Com obras presentes em cidades como Lisboa, Paris, Londres e Hong Kong, Vhils conquistou destaque no mundo da arte contemporânea.

A sua abordagem única e a sua capacidade de transmitir mensagens poderosas através de esculturas têm sido elogiadas por críticos e amantes da arte em todo o mundo. A colaboração com a Vanguard Properties e a oportunidade de criar obras de arte num ambiente tão especial como o Muda Reserve são marcos importantes na sua carreira.

O Investimento da Vanguard Properties no Projeto

A Vanguard Properties prevê um investimento total de mais de 3,5 milhões de euros no projeto Muda Reserve. Deste montante, 1 milhão de euros será destinado para a componente artística, incluindo a criação das esculturas de Vhils e a construção da capela projetada por Francis Keré.

Este investimento representa o compromisso da empresa em criar valor para a região de Grândola e as suas comunidades. A Vanguard Properties procura oferecer residências de alta qualidade, mas também desenvolver infraestruturas complementares que melhorem a qualidade de vida e promovam o desenvolvimento socioeconómico da região.

A parceria entre a Vanguard Properties, a Câmara Municipal de Grândola e Vhils para transformar a aldeia da Muda num espaço artístico único é um exemplo inspirador de como a arte pode contribuir para a revitalização de comunidades e a criação de valor para as pessoas e regiões.

As esculturas de Vhils, que representam a pessoa anónima e convidam à reflexão sobre a individualidade e a coletividade, serão instaladas nas áreas públicas do projeto Muda Reserve e doadas à Câmara Municipal de Grândola. Estas obras de arte, juntamente com a capela projetada por Francis Keré, criarão um ambiente culturalmente enriquecedor para os moradores e visitantes da aldeia da Muda.

PARTILHE NAS REDES
- PUBLICIDADE -

Você também pode gostar:

Eleicoes-Europeias
Atualidade
Exercer o Direito de Voto Antecipado nas Eleições Europeias 2024

As Eleições para o Parlamento Europeu de 2024 estão à porta e, para garantir