Almada recebe a terceira edição do Festival Jazz Manouche

O Festival Jazz Manouche de Almada, organizado pela Alma Danada – Associação Criativa, está de volta para a sua terceira edição, prometendo encantar o público com três dias de música e dança. Agendado para os dias 17, 18 e 19 de maio, o festival reunirá alguns dos mais destacados artistas do jazz manouche, oferecendo uma experiência cultural única.

Destaques do Programa

O festival contará com uma programação diversificada, trazendo grandes nomes do jazz manouche para se apresentarem no Salão de Festas da SFIA, em Almada. Serão três dias repletos de música e dança, com concertos imperdíveis e um workshop de blues e swing.

17 de Maio: Adrien Marco Trio

No primeiro dia do festival, a 17 de maio, os espectadores poderão desfrutar do concerto do Adrien Marco Trio. Adrien Marco, um dos principais expoentes do Jazz Manouche, apresentará um espetáculo energético e virtuoso, acompanhado por Mathieu Chatelain na guitarra ritmo e Claudius Dupont no contrabaixo. Com um estilo enérgico, elegante e espontâneo, Adrien Marco é aclamado por um público de conhecedores em festivais e clubes de jazz renomados, como o Festival Django Reinhardt e o Cabaret de L’Escale. Esta será a sua primeira apresentação em Almada, proporcionando aos fãs de jazz cigano em Portugal uma experiência única.

18 de Maio: Aurore Voilqué Trio feat. Angelo Debarre

No segundo dia, 18 de maio, o destaque será o Aurore Voilqué Trio feat. Angelo Debarre. Aurore Voilqué, acompanhada por Mathieu Chatelain e Claudius Dupont, e com solos do renomado Angelo Debarre, oferecerá uma viagem pelo mundo da música cigana e do jazz manouche. Aurore Voilqué é uma talentosa violinista que começou a tocar aos 4 anos de idade e já se apresentou em grandes festivais de jazz em França, como o Jazz à Vienne e o Marciac. Com a sua energia contagiante e virtuosismo, promete encantar o público de Almada com a sua performance única.

19 de Maio: Workshop de Dança Blues e Swing

Além dos concertos, o festival também incluirá um workshop de dança blues e swing, ministrado pela renomada Escola Blues & Swing Lisboa, no dia 19 de maio. Os participantes terão a oportunidade de aprender e dançar ao som de músicas envolventes, mergulhando na atmosfera cativante do jazz manouche.

Encerramento: Rouge Manouche

Para encerrar o festival em grande estilo, no mesmo dia 19 de maio, os Rouge Manouche apresentarão seu swing enérgico e ritmado, inspirado nas tradições do jazz manouche e do jazz americano. Com um repertório que inclui desde clássicos de Django Reinhardt até composições modernas, o quarteto promete uma performance cativante, levando o público a dançar ao som destas músicas contagiantes.

Bilhetes e Informações

Os bilhetes para o Festival Jazz Manouche de Almada já estão disponíveis para venda e podem ser adquiridos aqui. Os preços variam de acordo com o dia e a modalidade de ingresso escolhida.

Não perca a oportunidade de vivenciar momentos únicos de música e dança no Festival Jazz Manouche de Almada. Reserve os dias 17, 18 e 19 de maio na sua agenda e prepare-se para uma experiência cultural inesquecível. A Alma Danada – Associação Criativa espera por si para celebrar a tradição e a paixão do jazz manouche em Almada.

PARTILHE NAS REDES
- PUBLICIDADE -

Você também pode gostar:

Margem-Sul-em-familia
Cultura
Margem Sul em família - 5 sítios para visitar com as crianças

A região da Margem Sul reserva muitas atrações giras para as famílias com crianças.

Biblioteca-Itinerante
Cultura
Inauguração da Biblioteca Itinerante de Almada

A Rede Municipal de Bibliotecas de Almada anunciou a inauguração da Biblioteca Itinerante de

Fotografa-Camilla-Watson
Cultura
Fotógrafa Camilla Watson: Retratando a Memória dos Pescadores no Cais do Ginjal

A fotógrafa britânica Camilla Watson encontrou uma maneira única e emocionante de preservar a