A Companhia Olga Roriz Apresenta o Espetáculo de Dança “Autópsia”

A Companhia Olga Roriz irá apresentar no dia 23, às 21h30, no Fórum Municipal Luísa Todi, o espetáculo de dança intitulado “Autópsia”. Sob a direção da bailarina Olga Roriz, esta incrível coreografia aborda de forma única o ciclo da vida e da morte, explorando o mal-estar humano e a repetição que permeiam as nossas existências.

O Espetáculo “Autópsia”

“Autópsia” é uma coreografia que mergulha nas profundezas do ser humano, trazendo à tona questões existenciais e reflexões sobre o ciclo do nascimento e do falecimento. O palco ganha vida com a projeção de imagens em grande escala, criando um ambiente imersivo e impactante para o público.

Com a participação de seis talentosos intérpretes, o espetáculo promete emocionar e provocar os espectadores com a sua abordagem singular sobre a vida e a morte. A música, cuidadosamente selecionada por Olga Roriz, João Rapozo e Bruno Alexandre, é composta por canções de artistas de renome como Acid Arab, Ben Frost, Christian Feenesz, Dirty Beaches, Jóhann Jóhannsson, Kangding Ray, Ernst Reijseger, Sunn O))), Colin Stetson e Sarah Neufeld.

O Significado de “Autópsia”

“Autópsia” é uma palavra que evoca diferentes significados. Além de se referir a um procedimento médico realizado para investigar as causas da morte de uma pessoa, também pode ser interpretada como uma análise minuciosa e profunda sobre a vida e a existência humana.

Neste espetáculo, a Companhia Olga Roriz utiliza o termo “autópsia” como uma metáfora para explorar os mistérios que envolvem o ciclo da vida. Através da dança e da expressão corporal, os bailarinos conduzem o público numa jornada emocional, questionando o sentido da vida e a inevitabilidade da morte.

O Mal-Estar do Ser Humano

Um dos principais temas abordados em “Autópsia” é o mal-estar do ser humano. A coreografia retrata as angústias, medos e inquietações que fazem parte da nossa condição humana. Ao enfrentar estas questões de frente, o espetáculo convida o público a refletir sobre a sua própria existência e a encontrar significado num mundo muitas vezes caótico e incerto.

O Ciclo do Nascimento e do Falecimento

Assim como o dia sucede à noite, o espetáculo “Autópsia” explora o ciclo do nascimento e do falecimento. Através da dança, os bailarinos representam a jornada que todos nós percorremos, desde o nosso nascimento até à nossa morte. Esta representação simbólica lembra-nos da efemeridade da vida e da importância de aproveitar cada momento.

Bilhetes e Localização

Os bilhetes para o espetáculo “Autópsia” custam 20 euros e podem ser adquiridos no Fórum Municipal Luísa Todi ou pela plataforma BOL – Bilheteira Online. Não perca a oportunidade de vivenciar esta experiência única e emocionante.

A Companhia Olga Roriz apresenta o espetáculo de dança “Autópsia”, uma coreografia que mergulha no ciclo da vida e da morte, explorando o mal-estar humano e a repetição que permeiam as nossas existências. Com projeções em grande escala e a interpretação de seis talentosos bailarinos, o espetáculo promete provocar reflexões sobre o sentido da vida e a inevitabilidade da morte. Garanta o seu bilhete e vivencie esta experiência única no Fórum Municipal Luísa Todi. Não deixe a oportunidade passar!

PARTILHE NAS REDES
- PUBLICIDADE -

Você também pode gostar:

Circulo-de-Jazz-Fest
Cultura
13ª Edição do Círculo de Jazz Fest: Uma Celebração do Jazz em Setúbal com Abertura de Tó Trips Trio

O Círculo de Jazz Fest está de volta a Setúbal para a sua 13ª

Os-Barrigas-e-os-Magricos
Cultura
“Os Barrigas e os Magriços": Uma Peça para as Crianças

O Teatro Estúdio Fontenova, em Setúbal, apresenta a sua primeira criação do ano, a

A-Praca-de-Bocage
Lazer
A Praça de Bocage: O Centro do Carnaval em Setúbal

O Carnaval é uma festa tradicionalmente conhecida pela sua alegria, cores vibrantes e diversão