Conversas com o Público: Os Dias da Revolução no TMJB

Começa hoje um evento imperdível para todos os entusiastas da história e da cultura em Portugal – as Conversas com o Público: Os Dias da Revolução. Realizadas pelo Teatro Municipal Joaquim Benite (TMJB), estas conversas oferecem uma oportunidade única de vivenciar os dias da Revolução de Abril de 1974 através dos relatos e experiências de pessoas que estudaram, trabalharam e caminharam pelas ruas durante aquele período histórico. Vamos mergulhar nas informações fornecidas pelos artigos de referência para descobrir tudo o que precisa saber sobre este evento emocionante.

Sobre as Conversas com o Público

As Conversas com o Público: Os Dias da Revolução são uma série de eventos realizados pelo TMJB em colaboração com o Arquivo Ephemera. Estas conversas ocorrem aos sábados, às 18h, no foyer do TMJB, durante a temporada da nova criação da Companhia de Teatro de Almada, intitulada “A sorte que tivemos!” (pode saber mais sobre a peça aqui) – um espetáculo sobre o período revolucionário de Abril. Ao todo, serão realizadas cinco conversas, cada uma delas explorando diferentes aspectos da Revolução de Abril.

Calendário das Conversas

Aqui está o calendário das Conversas com o Público: Os Dias da Revolução:

  1. 13 de Abril – “50 anos de Liberdade” com Maria Inácia Rezola; Moderado por Rita Maltez.
  2. 20 de Abril – “Estive, vi, contei” com Adelino Gomes; Moderado por Raul Pinto.
  3. 27 de Abril – “A censura ao teatro” com Guilherme Filipe e Pedro Cerejo; Moderado por Nuno Nabais.
  4. 4 de Maio – “As campanhas de dinamização cultural do MFA” com Manuel Begonha e Sónia Vespeira Almeida; Moderado por Pedro Maia.
  5. 11 de Maio – “Luiz Pacheco et al.: editar em ditadura” com José Pacheco Pereira e Pablo Fidalgo; Moderado por Anderson Fonseca.

Estas conversas prometem proporcionar uma visão aprofundada e multifacetada dos eventos que moldaram a Revolução de Abril de 1974 e o seu impacto na sociedade portuguesa.

Viver os Dias da Revolução

As Conversas com o Público: Os Dias da Revolução oferecem aos participantes a oportunidade de vivenciar aqueles dias históricos através das perspectivas únicas daqueles que estudaram, trabalharam e presenciaram os eventos da época. Estas conversas transportam-nos no tempo, permitindo-nos compreender como os espíritos e a forma de pensar de uma geração foram moldados pela censura e como a luta pela liberdade e democracia se desenrolou no país.

Explorando as Exposições

Além das Conversas com o Público, o TMJB apresenta quatro exposições que abordam os 50 anos da Revolução de Abril. Estas exposições proporcionam um contexto histórico mais amplo e aprofundado, permitindo que o público mergulhe ainda mais nesta época fascinante. As exposições são um complemento perfeito para as conversas, oferecendo uma visão abrangente dos eventos que levaram à Revolução e o seu impacto na sociedade portuguesa.

O Arquivo Ephemera

Um dos principais colaboradores das Conversas com o Público: Os Dias da Revolução é o Arquivo Ephemera (pode descobrir mais aqui). Este arquivo desempenha um papel fundamental na preservação e divulgação da memória coletiva de Portugal, reunindo uma vasta coleção de materiais efémeros, como panfletos, jornais, fotografias e muito mais. Através do Arquivo Ephemera, é possível ter acesso a uma riqueza de informações e testemunhos sobre a Revolução de Abril e outros eventos históricos importantes.

As Conversas com o Público: Os Dias da Revolução são um evento imperdível para todos os que desejam mergulhar na história e cultura de Portugal. Através destas conversas, é possível vivenciar os eventos da Revolução de Abril de 1974 através dos relatos e experiências de pessoas que estiveram lá. Com a participação de especialistas e moderadores experientes, as conversas oferecem uma visão aprofundada e multifacetada deste período histórico significativo. Não perca a oportunidade de participar nestas conversas e conhecer mais sobre os dias da Revolução que moldaram o país que conhecemos hoje.

PARTILHE NAS REDES
- PUBLICIDADE -

Você também pode gostar:

O-Festival-Read-On-Almada
Cultura
Celebrando a Leitura: O Festival Read On Almada Inspira a Próxima Geração

O Festival Read On Almada, um evento anual repleto de atividades envolventes que celebra

vida-de-Luiz-Pacheco
Cultura
Morto o cão, acabou-se a fúria – a vida de Luiz Pacheco no TMJB

Luiz Pacheco foi um escritor, editor e polemista que deixou uma marca indelével na

Dia-Internacional-dos-Museus
Cultura
Celebrando a Essência Cultural de Almada: O Dia Internacional dos Museus 2024

Almada está a celebrar o Dia Internacional dos Museus em 2024. Este evento anual,