Exposição “Barcos e as Atividades Humanas no Seixal”

A exposição “Barcos e as Atividades Humanas no Seixal” é uma mostra artística que pode ser visitada no Núcleo do Moinho de Maré de Corroios, uma extensão do Ecomuseu Municipal do Seixal. A exposição, que estará patente até dia 31 de dezembro de 2024, apresenta uma fascinante visão sobre os barcos e as atividades humanas que ocorreram no estuário do Tejo.

A influência dos barcos no Seixal

O território do Seixal foi profundamente influenciado pela sua localização junto ao rio Tejo. Esta proximidade ao rio e a sua ligação a Lisboa contribuíram para o desenvolvimento de diversas atividades económicas ao longo da história do concelho. Entre essas atividades, destacam-se a agricultura, a moagem, a pesca, a construção naval em madeira e as indústrias.

Os principais tipos de embarcações

A exposição “Barcos e as Atividades Humanas no Seixal” apresenta uma variedade de embarcações que foram utilizadas no estuário do Tejo ao longo dos tempos. Entre essas embarcações, destacam-se as de pesca, como a muleta, o bote da tartaranha, a enviada ou bote do Seixal, o tapa-esteiros e as canoas. Também estão representadas as embarcações utilizadas para o transporte de bens, mercadorias e pessoas, como o barco dos moinhos, o bote do pinho, a fragata, o varino, a falua e o catraio.

A importância da atividade piscatória

A atividade piscatória desempenhou um papel fundamental na vida das populações do Seixal. Além de ser uma fonte de sustento, a pesca também era responsável pelo fornecimento de bens à capital e pela circulação de pessoas e produtos. Conhecer melhor esta atividade é fundamental para compreender a evolução do território do Seixal e das suas atividades humanas.

A evolução do território do Seixal

Ao longo dos séculos, o território do Seixal passou por diversas transformações. A construção das pontes sobre o rio Tejo e o desenvolvimento dos transportes terrestres tiveram um impacto significativo nas atividades relacionadas com os barcos. No entanto, a exposição “Barcos e as Atividades Humanas no Seixal” é uma oportunidade única para conhecer a diversidade de embarcações que navegaram e trabalharam no Tejo ao longo da história.

Informações sobre a exposição

A exposição “Barcos e as Atividades Humanas no Seixal” pode ser visitada de terça a sexta-feira, das 9 horas ao meio-dia e das 14 às 17 horas. Aos fins de semana, o horário é das 14 às 17 horas. Não perca a oportunidade de conhecer esta mostra artística que revela a importância dos barcos e das atividades humanas no estuário do Tejo.

Ao visitar esta exposição, tem a oportunidade de conhecer os principais tipos de embarcações utilizados na região, assim como entender a importância da atividade piscatória para o desenvolvimento do Seixal. Não perca a oportunidade de explorar a história e a cultura desta região tão rica em tradições marítimas.

PARTILHE NAS REDES
- PUBLICIDADE -

Você também pode gostar:

hoteis-para-insetos
Lazer
Aprenda como construir hotéis para insetos e ajude a preservar a biodiversidade

Os insetos, como abelhas, abelhões, vespas, moscas, borboletas, escaravelhos e formigas, desempenham um papel

Malaba-e-a-Orquestra
Cultura
Malabá e a Orquestra IFCTtorrense Apresentaram um Espetáculo Único: Uma Fusão Inovadora de Rap e Mús...

O rapper conhecido da vila de Paio Pires, Malabá, une forças com a revolucionária

Quinta-da-Fidalga
Cultura
Conheça os Romances da Quinta da Fidalga nesta Visita Guiada

A Quinta da Fidalga, localizada no concelho do Seixal, é um verdadeiro paraíso escondido