Exposição “E Se Hoje Ainda Há ‘Lápis Azul’?” na Oficina de Artes Manuel Cargaleiro

Exposição “E Se Hoje Ainda Há ‘Lápis Azul’?” na Oficina de Artes Manuel Cargaleiro

A Oficina de Artes Manuel Cargaleiro apresenta a exposição “E Se Hoje Ainda Há ‘Lápis Azul’?”, uma oportunidade única para mergulhar nos segredos e nas restrições da censura em Portugal antes da Revolução do 25 de Abril de 1974. Através desta exposição, os visitantes terão a oportunidade de conhecer tudo o que era proibido ser referido nas publicações da época. A atividade faz parte das comemorações dos 50 anos da Revolução de Abril e tem como objetivo destacar a importância da liberdade de expressão.

Um Olhar Sobre a Ditadura

Antes do 25 de Abril de 1974, Portugal estava sob uma ditadura que restringia a liberdade de expressão a todos os cidadãos. A censura era uma realidade presente em todos os aspetos da vida, especialmente nos meios de comunicação, como jornais e revistas. O controlo exercido pelo regime ditatorial era tão rigoroso que até mesmo o que se podia ou não dizer nessas publicações era estritamente regulamentado.

O “Lápis Azul” era o símbolo dessa censura, usado pelos censores para marcar trechos de textos considerados inaceitáveis. Esses trechos eram cortados ou modificados antes da publicação, de forma a se adequarem à visão do regime.

A Exposição “E Se Hoje Ainda Há ‘Lápis Azul’?”

A exposição “E Se Hoje Ainda Há ‘Lápis Azul’?” oferece aos visitantes a oportunidade de conhecer de perto como funcionava a censura e quais eram os temas e palavras proibidas. Através de documentos, fotografias e testemunhos da época, os visitantes poderão entender melhor o contexto histórico e refletir sobre a importância da liberdade de expressão.

A exposição é especialmente recomendada para famílias, e é uma oportunidade única para reunir os avós e os restantes membros da família, que podem partilhar as suas experiências e conhecimentos sobre o período pré-Revolução de Abril.

Horário e Localização

A inauguração da exposição “E Se Hoje Ainda Há ‘Lápis Azul’?” está marcada para o dia 20 de janeiro, das 14h30 às 16h30, na Oficina de Artes Manuel Cargaleiro. A entrada é livre, mas é necessário reservar o seu lugar. Para garantir a sua participação neste projeto, basta ligar para o número 212 275 785 ou enviar um e-mail para arte.se@nullcm-seixal.pt.

Comemorações dos 50 anos da Revolução de Abril

A exposição “E Se Hoje Ainda Há ‘Lápis Azul’?” faz parte das comemorações dos 50 anos da Revolução de Abril, um marco histórico que trouxe a liberdade de expressão e a democracia para Portugal. Durante todo o ano, o concelho do Seixal irá celebrar esta data com uma série de eventos e atividades que destacam a importância e os valores da Revolução de Abril.

A exposição “E Se Hoje Ainda Há ‘Lápis Azul’?” na Oficina de Artes Manuel Cargaleiro oferece uma oportunidade única para conhecer e refletir sobre o período de censura em Portugal antes da Revolução de Abril. Através desta exposição, os visitantes poderão entender melhor as restrições impostas à liberdade de expressão e valorizar ainda mais a importância da democracia e da liberdade. Reserve já o seu lugar e mergulhe nesta fascinante viagem ao passado!

PARTILHE NAS REDES
- PUBLICIDADE -
Também poderá gostar de
Festa-Motard
Cultura

Vêm aí 2 dias de Festa Motard no Seixal em julho

Prepare-se para uma celebração emocionante e cheia de adrenalina no Parque do Serrado, em Seixal! O Grupo Motard e Desportivo H2O está prestes...

ANTI-DEMOS-CRACIA
Cultura

Celebrando 35 Anos da Editora ANTI-DEMOS-CRACIA: Uma Viagem Musical Inesquecível no Seixal

A editora ANTI-DEMOS-CRACIA, sediada na Aldeia de Paio Pires, está a comemorar o seu 35º aniversário com uma celebração musical emocionante. Fundada em...

Magia-do-Teatro-Escolar
Cultura

Descubra a Magia do Teatro Escolar: 16 Espetáculos Imperdíveis até Junho

Com o objetivo de promover a criatividade, a participação e o amor pela arte teatral entre os estudantes, a Câmara Municipal do Seixal...