Exposição “O Último Esconderijo da Inocência”: Uma Chamada à Prevenção da Violência Sexual

A Casa do Largo está com uma exposição coletiva que pretende consciencializar para a importância da prevenção da violência sexual. Intitulada “O Último Esconderijo da Inocência”, esta mostra sensorial, visual e sonora estará aberta ao público até dia 10 de fevereiro. A inauguração ocorreu no dia 13 de janeiro, contando com a presença do vereador Carlos Rabaçal, representante da Câmara Municipal de Setúbal.

Uma Exposição que Provoca Emoções e Reflexões

“O Último Esconderijo da Inocência” é um projeto que envolve uma parceria com a organização Quebrar o Silêncio, dedicada a apoiar homens e rapazes vítimas de violência sexual. A mostra contou também com a colaboração dos alunos da Fundação Escola Profissional de Setúbal. A criação e instalação artística ficaram a cargo dos artistas setubalenses Paula Moita e Ricardo Mondim, enquanto Leonardo Silva foi responsável pela fotografia e vídeo.

Financiada pela Direção-Geral das Artes e com o apoio da Câmara Municipal de Setúbal e do Teatro Estúdio Fontenova, a exposição é descrita pela organização como “um objeto artístico que pretende desenhar mapas partilhados com a Associação Quebrar o Silêncio e a comunidade escolar, numa viagem sensorial, visual e sonora que aborda o esquecido flagelo tema da violência sexual”.

A proposta é reconhecer o potencial da criação artística em construir pontes de diálogo e desbloquear tabus, abordando a violência sexual com respeito pelas vítimas e com foco na prevenção, em vez de chocar. A exposição procura utilizar a estética como uma forma de provocar emoções e estimular reflexões sobre este tema tão delicado.

Uma Viagem Sensorial, Visual e Sonora

“O Último Esconderijo da Inocência” apresenta ao público uma diversidade de obras, a maioria delas site-specific, ou seja, criadas especialmente para o espaço. Os artistas utilizam diversos suportes para materializar as suas criações, incluindo manequins, almofadas, pedras da calçada e bilhetes.

A exposição estará disponível gratuitamente para visitação na Casa do Largo até dia 10 de fevereiro. Os horários de funcionamento são das 9h às 18h, todos os dias.

A exposição “O Último Esconderijo da Inocência” é uma oportunidade única para refletir sobre a prevenção da violência sexual. Com uma abordagem artística e sensorial, a mostra procura despertar emoções e provocar reflexões sobre um tema muitas vezes negligenciado. A parceria com a Quebrar o Silêncio e o envolvimento da comunidade escolar reforçam a importância da iniciativa.

Não deixe de visitar a exposição e embarcar nesta viagem sensorial, visual e sonora. Através da arte, podemos abrir diálogos, quebrar tabus e, acima de tudo, promover a prevenção da violência sexual.

PARTILHE NAS REDES
- PUBLICIDADE -

Você também pode gostar:

Workshop-de-Pintura-com-Vinho
Lazer
Neste Dia da Mãe, Celebre com um Workshop de Pintura com Vinho

O Dia da Mãe é uma data especial para homenagear e celebrar todas as

Museus-Setubalenses
Cultura
Celebrando a Riqueza Cultural de Setúbal: Museus Setubalenses em Festa

O Dia Internacional dos Museus, comemorado a 18 de maio, é uma celebração global

Comediem-Club
Lazer
Está de regresso o ciclo de espetáculos do Comediem Club

O Comediem Club está de volta com o seu ciclo de espetáculos de stand-up