Festival Sons no Montijo 2024: Uma Celebração da Música e da Comunhão

Festival Sons no Montijo 2024: Uma Celebração da Música e da Comunhão

O Festival Sons no Montijo está de volta em 2024, prometendo mais uma edição rica em música e ecletismo. Nos dias 26 e 27 de julho, a Frente Ribeirinha do Montijo será palco de uma experiência musical única, reunindo bandas nacionais e internacionais, cada uma trazendo a sua própria sonoridade e energia.

Royal Bermuda: Uma Jornada Musical de Saudade e Folia

A primeira banda a subir ao palco nesta edição será a Royal Bermuda. Provenientes de Oeiras, os membros da banda são amigos de longa data, unidos pela paixão pela música, a boémia e a guitarra. Com um estilo único, têm como objetivo criar algo novo que julgam fazer falta no panorama musical. Os Royal Bermuda são uma mistura envolvente de saudade exótica, capaz de proporcionar desde baladas profundas até folias fervorosas.

Club Makumba: Uma Viagem Sonora Livre e Tribalista

Em seguida, teremos o Club Makumba, uma banda que é um verdadeiro exercício livre, espontâneo, experimental e tribalista. Com Tó Trips nas guitarras, João Doce na bateria, Gonçalo Prazeres no saxofone e Gonçalo Leonardo no baixo e contrabaixo, constroem uma viagem de sonoridades livres, espontâneas e tribalistas. As suas músicas viajam entre sons mediterrâneos e uma África imaginada, sem preconceitos ou fronteiras.

Underground Youth: Psicodelia e Garage Rock Britânico

A terceira banda a apresentar-se são os Underground Youth, uma banda britânica baseada em Berlim. Com influências que vão desde The Brian Jonestown Massacre e The Velvet Underground até ao estilo de escrita de Bob Dylan e o barulho de The Jesus & Mary Chain, exploram diferentes géneros musicais, incluindo psicodelia e garage rock. A sua música é uma jornada única e envolvente.

Rome: Paisagens Musicais Intensas do Neo Folk Europeu

E para encerrar a noite em grande estilo, teremos Rome, uma das mais importantes bandas do panorama neo folk europeu. Originária do Luxemburgo, a banda traz as suas paisagens musicais mágicas e de uma intensidade esmagadora para a Frente Ribeirinha do Montijo. Combinando a paisagem idílica do Tejo com a atmosfera única criada pela banda, teremos reunidas as condições perfeitas para um momento de comunhão musical inesquecível.

Urze de Lume: Celebrando o Imaginário Ancestral Português

No dia 27 de julho, o festival começa com a apresentação dos Urze de Lume. Fundada no inverno de 2009, a banda é uma forma de memória viva do imaginário ancestral português. Fortemente inspirados pela tradição ibérica, procuram celebrar através da música as raízes que alimentam a identidade de um povo e o unem à sua terra. O repertório de Urze de Lume transmite a alma sobrevivente de uma era em que homem e natureza caminhavam lado a lado, com respeito pela terra, pelo oculto e pela sua origem.

Ray: O Rock’n’Roll como Banda Sonora para a Vida

Em seguida, é a vez de Ray subir ao palco. Ray, cujo nome verdadeiro é Luis Raimundo, fez do rock’n’roll a sua vida. Ray é uma extensão de Luís, como poderia ser uma extensão de cada um de nós. A sua música mantém-se no colo do rock’n’roll, bebendo da sua essência mais pura e simples. Sem rendilhados ou brilhantina, o objetivo deste projeto é simplesmente a partilha, que é o que mais importa na música.

Glockenwise: Uma Mistura de Temas Antigos e Novidades

A noite de 27 de julho continua com a apresentação dos Glockenwise. Originários de Barcelos, esta banda de rock promete um concerto que ficará na memória de todos por muito tempo. Apresentarão uma mescla de temas mais antigos com a apresentação do seu último disco, intitulado “Gótico Português”. Este álbum é um verdadeiro monumento à “melancolia suave” e representa mais um passo na carreira da banda, que teve a sorte de recomeçar.

Linda Martini: Uma Banda Incontornável da Música Portuguesa

E para fechar a edição de 2024 do festival, teremos uma das maiores bandas nacionais: Linda Martini. Ao longo de duas décadas, tornaram-se uma banda incontornável da música portuguesa. Os seus concertos são verdadeiros momentos de comunhão, em que o público e a banda celebram e cantam em uníssono as suas canções mais icónicas. A cada ano, a banda alimenta este culto fervoroso com discos certeiros, que são sempre muito bem recebidos pela crítica.

Sunsets com DJ BalaKov: Uma Experiência Musical Alternativa

Como novidade este ano, além da entrada gratuita para o festival, teremos os sunsets com o DJ BalaKov. BalaKov é o alter ego de Henrique Bernardes, o DJ que irá percorrer as paisagens musicais mais alternativas em dois fins de tarde que prometem ser inesquecíveis. Desde a darkwave ao synthpop, do rock ao punk, do goth ao metal, tudo cabe nos sets de BalaKov, proporcionando um verdadeiro deslumbramento musical.

O Festival Sons no Montijo 2024 promete ser um evento imperdível para os amantes da música. Com bandas nacionais e internacionais de diferentes estilos, o festival oferece uma experiência musical diversificada e envolvente. Desde a saudade exótica dos Royal Bermuda até às paisagens intensas do neo folk europeu com Rome, cada banda traz a sua própria energia e sonoridade única. Além disso, os sunsets com DJ BalaKov proporcionam uma experiência musical alternativa que promete encantar a todos. Não perca a oportunidade de participar neste momento de comunhão musical na Frente Ribeirinha do Montijo em julho de 2024. Reserve já o seu lugar e prepare-se para viver momentos inesquecíveis de música e emoção.

PARTILHE NAS REDES
- PUBLICIDADE -
Também poderá gostar de
Desassossego
Cultura

A Música de (Desas)sossego na Casa da Música Jorge Peixinho em Montijo

A Casa da Música Jorge Peixinho, em Montijo, é um importante centro cultural que abriga diversos eventos e apresentações. Entre eles, destaca-se o...

Festa-do-Porco-em-Montijo
Lazer

Festa do Porco em Montijo

A XXVI edição da Feira Nacional do Porco realiza-se no Montijo entre os dias 16 e 18 de Maio.O Parque de Exposições Acácio...

Novo-Disco-de-Levi-Martins
Cultura

O Roque Nunca Vai Acabar: O Novo Disco de Levi Martins no Montijo

O roque nunca vai acabar é o novo disco de Levi Martins, um músico multifacetado, realizador, encenador, produtor e diretor artístico da Mascarenhas-Martins....