FMM Sines dá a volta ao mundo musical em oito dias entre Sines e Porto Covo

FMM Sines dá a volta ao mundo musical em oito dias entre Sines e Porto Covo

O FMM Sines – Festival Músicas do Mundo é um evento musical anual que celebra a diversidade e a riqueza cultural do nosso planeta. Durante oito dias, entre 20 e 27 de julho, a pequena cidade de Sines e a vizinha Porto Covo transformam-se num palco global, acolhendo 43 apresentações de artistas provenientes de quatro continentes diferentes. Esta 24ª edição do festival promete ser uma verdadeira viagem musical à volta do mundo, com o público a experimentar a vibração de ritmos e sonoridades que ecoam desde a Argentina até Zanzibar.

Programação Musical Eclética e Diversificada

O FMM Sines 2024 reúne uma programação musical eclética e diversificada, com nomes consagrados e jovens promessas da música mundial. Artistas como a brasileira Margareth Menezes, o cubano Eliades Ochoa, o argentino Melingo, o maliano Samba Touré, a banda norte-americana Groundation e a cabo-verdiana Mayra Andrade estão entre os destaques da edição deste ano. Já a nova geração é representada por talentos como a colombiana La Muchacha, a porto-riquenha iLe, o nigeriano Adédèjì, o português Salvador Sobral e a brasileira Ana Frango Elétrico.

Roteiro Geográfico Diverso

O FMM Sines 2024 traz artistas de 27 países, abrangendo uma ampla gama de regiões e culturas musicais. Desde a América Latina, com destaques para Brasil, Argentina, Colômbia e Cuba, até África, com representantes de Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Mali, Nigéria e Gana. A Europa também marca presença, com artistas da Galiza, França, Suíça e Suécia, enquanto o Médio Oriente e a Ásia se fazem representar através da Palestina, Síria e Vietnam.

Celebrando a Diversidade Musical

Esta diversidade geográfica reflete a missão do FMM Sines de ser um retrato sonoro global, celebrando a riqueza e a pluralidade das expressões musicais ao redor do globo. Cada artista e cada performance carregam consigo uma história e uma identidade única, que se entrelaçam para compor um mosaico musical vibrante e emocionante.

Sines e Porto Covo: Palcos Históricos e Naturais

O festival acontece em dois palcos principais: o núcleo de Porto Covo, que recebe os espetáculos entre 20 e 22 de julho, e a cidade de Sines, a partir do dia 23. Esta alternância entre os dois cenários permite que o público explore a beleza natural e os encantos históricos de ambas as localidades.

Destaques da Programação por Continente

Américas e África

O FMM Sines 2024 dedica uma atenção especial à América Latina, com a presença de artistas consagrados do Brasil, como Margareth Menezes, Lívia Mattos e Ana Frango Elétrico, além de representantes da Argentina, Colômbia e Cuba. A África também é amplamente representada, com nomes da música de Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Mali, Nigéria e Gana.

Brasil: Estrelas da Música Baiana e Diáspora Brasileira na Europa

O Brasil é um dos destaques da edição deste ano, com a presença de Margareth Menezes, uma das maiores vozes da música baiana e atual ministra da Cultura do país. Além dela, o festival recebe a cantora e acordeonista Lívia Mattos, a revelação carioca Ana Frango Elétrico e o representante da diáspora brasileira na Europa, MOMO.

Argentina e Colômbia: Rock-tango, Cumbia e Novos Talentos

A Argentina faz-se representar pelo rock-tango de Melingo e pela cumbia da orquestra La Delio Valdez. Já da Colômbia, o festival recebe a estreia da artista La Muchacha, com a sua formação El Propio Junte, além do regresso do grupo La Chiva Gantiva.

Cuba e Porto Rico: Legados Musicais e Novos Protagonistas

De Cuba, o FMM Sines acolhe o icónico Eliades Ochoa, membro fundador dos Buena Vista Social Club e uma das vozes mais importantes do “son” cubano. Já de Porto Rico, o festival recebe a artista iLe, uma das figuras de destaque da nova música porto-riquenha.

África Lusófona e Ocidental: Diversidade de Ritmos e Sonoridades

A presença da África de língua portuguesa faz-se sentir com artistas de Cabo Verde (Mayra Andrade, Ferro Gaita), Guiné-Bissau (Fattú Djakité) e Moçambique (banda Moticoma). Já a África Ocidental é representada pelo blues-rock do maliano Samba Touré, o afrobeat do nigeriano Adédèjì e as versões do highlife jazzístico e gospel Frafra do ganês Gyedu-Blay Ambolley e Florence Adooni.

Zanzibar: Ecos do Taarab Contemporâneo

O arquipélago de Zanzibar, na Tanzânia, é representado pelo taarab contemporâneo do grupo Siti & The Band.

Europa, Ásia e Cruzamentos Culturais

A programação do FMM Sines também contempla uma rica diversidade de artistas europeus e asiáticos, além de projetos que exploram os cruzamentos culturais.

Portugal: Tradição, Fado e Novas Sonoridades

A música portuguesa está presente em diversos formatos, desde o lado mais tradicional, representado por José Manuel David e o grupo Cara de Espelho, ao fado interpretado por Duarte. O festival também acolhe as aventuras musicais de Salvador Sobral, o rock lírico de Três Tristes Tigres e os sons afrofuturistas de Prétu – Xei di Kor.

Galiza, França e Suíça: Folk, Eletrónica e Rock Psicadélico

Da Galiza, o público poderá apreciar o duo folk Caamaño & Ameixeiras, enquanto a França se faz representar pela dança eletroacústica de Mezerg, o electro folk de Red e o rock de Komodrag & the Mounodor. Já a Suíça envia a formação de jazz Orchestre Tout Puissant Marchel Duchamp e a banda de rock psicadélico Dungen.

Cruzamentos Culturais: Pontes Musicais Entre Continentes

O festival também acolhe projetos que exploram os cruzamentos culturais, como o coletivo Mestizo (Reino Unido/Colômbia), o trio Avalanche Kaito (Bélgica/Burkina Faso) e o trio Mademoiselle (França/Argélia). Estes artistas atuam como pontes musicais, conectando diferentes continentes e tradições.

Médio Oriente e Ásia: Hip Hop, Indie e Música Tradicional

O Médio Oriente e a Ásia também marcam presença no FMM Sines 2024, com o hip hop palestino de DAM, o indie de Haya Zaatry (Palestina) e a dança dabke de Rizan Said (Síria). Já do Vietnam, a banda Saigon Soul Revival traz um retorno às sonoridades alternativas de Saigon anteriores a 1975.

Iniciativas Paralelas: Artes, Reflexão e Interação com a Natureza

Além dos diversos espetáculos musicais, o FMM Sines 2024 oferece um rico programa de iniciativas paralelas, que expandem a experiência do festival para além da música.

Artes Visuais: Diálogo com a Obra de Sophia de Mello Breyner Andresen

Um dos destaques é a exposição “Thalassa! Thalassa! O mar e o Mediterrâneo na obra de Sophia de Mello Breyner Andresen”, que estabelece um diálogo entre obras da Coleção da Caixa Geral de Depósitos e as palavras da renomada escritora portuguesa.

Dança: Mergulho no Repertório de Sílvia Real

O festival também reserva espaço para a dança, com a apresentação “Concerto n.º 1 para Laura”, em que a coreógrafa Sílvia Real revisita o seu repertório de três décadas.

Reflexão e Debate: Cultura e Arte Pós-Colonialismo

Em 2024, ano do 50º aniversário da Revolução dos Cravos, o FMM Sines convida o público a refletir sobre “A Cultura e a Arte depois do Colonialismo”, numa conversa moderada por António Brito Guterres.

Narração Oral e Cordel: Histórias que Conectam

A narração oral ganha destaque com sessões como “O Grito – Contos sem Censura”, “Todos Contam” e “Histórias que as Árvores Contam”. Além disso, a tradição do cordel, originária do nordeste brasileiro, também se faz presente no festival.

Interação com o Espaço Público e a Natureza

O FMM Sines não se limita aos palcos, mas também se estende pelo espaço público. A Fundação INATEL, parceiro principal do festival, anima as ruas de Sines e Porto Covo com diversas apresentações de música e dança. Além disso, o programa “Entremarés” promove a divulgação científica sobre a biologia costeira da região.

Reconhecimento e Prestígio do FMM Sines

O FMM Sines é um festival de renome internacional, reconhecido pela sua programação diversificada e inovadora, bem como pelos cenários históricos e naturais que acolhem as suas apresentações. Ao longo dos anos, o evento conquistou diversos prémios, como o EFFE Award 2017, atribuído pela European Festivals Association, e 13 Iberian Festival Awards, sendo sete de âmbito ibérico e seis nacionais. O mais recente prémio foi o Iberian Festival Award 2024 de Melhor Programa Cultural.

Organização e Parcerias

O FMM Sines é organizado pela Câmara Municipal de Sines, com a Fundação INATEL como parceiro principal e a Galp como patrocinador principal. Esta estrutura sólida de organização e patrocínio garante a realização de um festival de alta qualidade, com uma programação diversificada e iniciativas paralelas que enriquecem a experiência do público.

Informações Práticas e bilhetes

Para informações sobre bilhetes e outras informações práticas sobre o FMM Sines 2024, os interessados podem consultar o site oficial do festival aqui. Se quiser saltar diretamente para a compra do bilhetes, pode fazê-lo aqui.

O FMM Sines 2024 promete ser uma verdadeira viagem musical à volta do mundo, trazendo artistas consagrados e novos talentos de quatro continentes diferentes para os palcos de Sines e Porto Covo. Com uma programação eclética e diversificada, o festival celebra a riqueza da diversidade cultural global, convidando o público a embarcar nesta jornada sonora inesquecível.

PARTILHE NAS REDES
- PUBLICIDADE -
Também poderá gostar de