Jorge Palma ao vivo em Sesimbra

No dia 6 de outubro, às 21h, Jorge Palma vai atuar ao vivo no Cineteatro Municipal João Mota, em Sesimbra. Será acompanhado por Vicente Palma e Gabriel Gomes (ex-Madredeus e Sétima Legião). Vicente Palma assume a guitarra, o piano e a voz, colaborando com Jorge Palma em temas que já interpretam juntos há mais de uma década. Gabriel Gomes contribui com a sonoridade do acordeão, criando ambientes verdadeiramente íntimos e especiais. Os bilhetes já estão disponíveis por um preço único de 15€, sem descontos.

Jorge Palma é uma figura singular no panorama musical nacional. Admirado pelos colegas e amado pelo público, consegue transcender o conceito de músico previsível e formatado devido à sua autenticidade e rebeldia.

Desde tenra idade, Jorge Palma demonstrou um talento excepcional para a música. Começou a tocar piano aos seis anos e, enquanto crescia, desenvolvia a sua paixão pela música popular americana e inglesa, ao lado da sua formação erudita. Durante os anos 70 e o início dos anos 80, o seu percurso artístico oscilou entre as primeiras gravações em Portugal e a guitarra nas ruas e carruagens de metro, em cidades europeias como Paris e Copenhaga.

Em 1990, concluiu o Curso Superior de Piano e, no ano seguinte, lançou o icónico álbum “Só”. Nessa década, formou o “Palma’s Gang” e participou em projetos como os “Rio Grande” e os “Cabeças no Ar”. A sua carreira incluiu vários álbuns originais, composições de sucesso e discos de ouro, culminando com a dupla platina alcançada com “Voo Nocturno”. A sua obra inclui canções amplamente apreciadas, como “Frágil”, “Deixa-me Rir”, “Dá-me Lume” e “Encosta-te a mim”, que se tornaram verdadeiros hinos intemporais.

Jorge Palma recebeu o Prémio José Afonso em 2002 e, nos anos de 2008 e 2012, conquistou o Globo de Ouro na categoria de melhor intérprete individual. O seu álbum “Com Todo o Respeito” foi galardoado pela Sociedade Portuguesa de Autores com o prémio Pedro Osório.

O período mais recente da vida de Jorge Palma é caracterizado por uma intensa atividade artística. Destacam-se projetos como “Juntos”, onde partilhou o palco com Sérgio Godinho, e a celebração de álbuns históricos como “Bairro do Amor” e “Só”, que resultou na edição de “SÓ ao vivo”. Em 2020, celebrou “70 Voltas ao Sol” no Castelo de São Jorge, acompanhado por uma orquestra de câmara dirigida pelo maestro Cesário Costa. Além disso, foi honrado com a Medalha de Mérito Cultural da Cidade de Lisboa e a Ordem do Infante Dom Henrique.

O álbum “70 Voltas ao Sol”, lançado em CD e vinil em 2021, recebeu o prémio de melhor disco nos Play – Prémios da Música Portuguesa. Jorge Palma regressou em 2023, com o muito aguardado álbum de originais, intitulado “VIDA”. 

PARTILHE NAS REDES
- PUBLICIDADE -

Você também pode gostar:

O-Fio-da-Macaquinha
Cultura
“O Fio da Macaquinha”: Uma Dança Encantadora em Sesimbra

Sesimbra vai receber a apresentação de dança “O Fio da Macaquinha”, realizada pela Companhia

Um-Homem-Inofensivo
Cultura
“Um Homem Inofensivo”: Um Espetáculo Imperdível em Sesimbra

Sesimbra é conhecida pelas suas belas praias, paisagens deslumbrantes e rica cultura. Além disso,

Carnaval-de-Sesimbra
Lazer
Carnaval de Sesimbra: Um Festival de Alegria e Tradição

O Carnaval de Sesimbra está a chegar, e promete encantar os foliões com a