Odisseia Nacional


Durante o ano de 2023, o Teatro Nacional D. Maria II expande a sua atividade artística, envolvendo as populações, os agentes culturais e as administrações autárquicas de mais de 90 concelhos, tendo agora chegado a vez do concelho de Sines fazer parte desta Odisseia Nacional.
E Odisseia porquê?
Porque, tal como o clássico homérico, o Teatro Nacional D.Maria II, regressa aonde sempre se incluiu: o território nacional.
Procurando democratizar a oferta cultural, através do envolvimento das populações, refletindo a diversidade nacional ao fomentar projectos intergeracionais e inclusivos.

A programação integra centenas de propostas agrupadas em cinco áreas fundamentais — Peças (espetáculos), Atos (projetos de participação), Frutos (atividades para o público escolar), Cenários (eventos de pensamento) e Nexos (formação) — e ainda uma Exposição.
O município de Sines, até 18 de novembro, acolhe exposições, visitas guiadas, oficinas e um espectáculo a ter lugar nos últimos dois dias desta verdadeira Odisseia.
Eis alguns pontos do programa:

28 OUT – 18 NOV: EXPOSIÇÃO «QUEM ÉS TU? – UM TEATRO NACIONAL A OLHAR PARA O PAÍS»

Investigação e curadoria de Tiago Bartolomeu Costa

Centro de Artes de Sines – Centro de Exposições | Segunda a sábado, 12h-18h | Parceria Comissão Comemorativa dos 50 anos do 25 de Abril, Museu Nacional do Teatro e da Dança

A concessão do Teatro Nacional D. Maria II à Companhia Rey Colaço-Robles Monteiro acompanhou 45 dos 48 anos da ditadura do Estado Novo. Só a revolução levaria ao fim do contrato, em 1974.

Nesse período, o teatro português desenvolveu-se, afirmou-se e definiu-se na relação com o regime.Recuperando a relação da companhia Rey Colaço-Robles Monteiro com o território nacional, esta exposição estabelece ligações entre a prática artística e o seu contexto político e social, sublinhando relações entre os espetáculos apresentados e as diferentes camadas de representação (do país, da sociedade, do teatro e dos regimes políticos), potenciando a perceção pública de uma certa ideia de (e para o) teatro nacional, tanto enquanto edifício, como na sua missão.

28 OUT & 17 NOV: VISITAS GUIADAS PELO CURADOR

28 de outubro (17h) e 17 de novembro (14h30) | Para escolas | Marcações: servicoeducativoCAS@mun-sines.pt | Parceria Comissão Comemorativa dos 50 anos do 25 de Abril, Museu Nacional do Teatro e da Dança
Uma oportunidade para analisar em detalhe o acervo apresentado e conhecer as linhas narrativas da exposição, explorando em profundidade os vários núcleos que a compõem.

18 NOV: OFICINA PARA FAMÍLIAS, POR VERA SANTOS

Centro de Artes de Sines | 15h | Famílias com crianças M/10 | Dur. 1h30 | Marcações: servicoeducativoCAS@mun-sines.pt | Max. 12 participantes | Parceria Comissão Comemorativa dos 50 anos do 25 de Abril

Perante a montagem feita pelo curador da exposição, propõe-se a descoberta de um lugar chamado teatro, onde não há palco mas há histórias a acontecer, onde não há espetáculos mas encontram-se pessoas com muitas idades. «Quem és tu? O que vês? Quem queres ser? Que nome queres ter? Vamos entrar numa história…»

17 & 18 NOV: ESPETÁCULO «BATALHA»

Texto de Sandro William Junqueira. Encenação e dramaturgia de João de Brito / Lama Teatro

Centro de Artes de Sines – Auditório | Para escolas: 17 de nov.º, 10h30 e 15h, mediante marcação (servicoeducativoCAS@mun-sines.pt) | Para público em geral: 18 de novembro, 16h, com levantamento de bilhete gratuito | M/12 | Dur. 1h30 | Uma produção LAMA Teatro em coprodução com o Teatro Nacional D. Maria II

Um sorteio dita que a vida do 11.º F não voltará a ser a mesma. Esta turma, de uma escola invisível no ranking das vaidades, terá a responsabilidade de transmitir ao mundo, via streaming, alguns dos episódios mais marcantes da História de Portugal.
Como é que alunos do século XXI, conduzidos por uma professora do século XIX, servida por métodos de ensino do século XIX, se podem preparar para este confronto com o discurso histórico dominante e consigo próprios? A imaginação é uma arma poderosa. É através dela que a nossa espécie sobrevive no mundo. E a voz dos esquecidos sobe muito alto enquanto fura o caminho para se fazer ouvir. A batalha aproxima-se.No final das sessões, decorrerá uma conversa com a equipa artística.

O programa completo pode ser consultado no site do município de Sines:
www.sines.pt
ou no site do Teatro Nacional D.Maria II:
www.tndm.pt

PARTILHE NAS REDES
- PUBLICIDADE -