Os Relógios de Sol e a Matemática: Uma Exposição Fascinante no Seixal

A matemática é uma disciplina que desempenha um papel fundamental em diversas áreas da nossa vida e hábitos. Um exemplo fascinante disso é a forma como os relógios de sol, com uma simples sombra, contribuíram para a mudança na forma como medimos o tempo. Há mais de 4 mil anos, no antigo império da Babilónia, conhecido hoje como Iraque, surgiu uma invenção revolucionária que marcaria a história: o primeiro relógio de sol. Esse povo foi responsável por estabelecer a divisão do dia em 24 horas, através de um trabalho matemático meticuloso que envolvia compreender a posição da Terra em relação ao Sol.

Com o objetivo de compartilhar o conhecimento e despertar a curiosidade dos visitantes, a Biblioteca Municipal do Seixal recebe uma exposição gratuita sobre os relógios de sol. Esta mostra, elaborada e cedida pelo Departamento de Matemática da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, destaca o contributo da matemática na construção destes instrumentos. A exposição está em exibição até 18 de novembro, proporcionando uma oportunidade única para explorar a história e o funcionamento dos relógios de sol.

A Importância dos Relógios de Sol na Antiguidade

Os relógios de sol possuem uma longa história que remonta à antiguidade. Antes do desenvolvimento de dispositivos mecânicos e electrónicos para medir o tempo, os relógios de sol eram a principal referência para as pessoas organizarem as suas atividades diárias. Através da sombra projetada por um gnómon – uma haste vertical – os antigos conseguiam determinar a hora do dia e marcar a passagem do tempo. Estes instrumentos eram essenciais para a agricultura, navegação e até mesmo para o estabelecimento de rituais religiosos.

A Contribuição Matemática na Construção dos Relógios de Sol

A construção de um relógio de sol envolve um profundo conhecimento matemático. É preciso compreender a geometria, a trigonometria e o movimento aparente do Sol para que o instrumento seja capaz de indicar com precisão as horas do dia. Os antigos babilónios foram pioneiros nesse campo, desenvolvendo técnicas avançadas para determinar a posição do Sol no céu e calcular a sombra projetada pelo gnómon. Essa habilidade matemática permitiu-lhes criar relógios de sol que funcionavam de forma eficaz e confiável.

A Exposição no Seixal: Uma Oportunidade de Aprender e Explorar

A exposição sobre os relógios de sol, que está em exibição na Biblioteca Municipal do Seixal, é uma oportunidade imperdível para aprender mais sobre o fascinante mundo da matemática aplicada à construção destes instrumentos. A mostra conta com três relógios de sol feitos em pedra, que demonstram diferentes estilos e técnicas utilizadas ao longo da história. Além disso, painéis informativos fornecem explicações detalhadas sobre o funcionamento dos relógios de sol e a importância da matemática nesse processo.

A exposição está aberta ao público de terça a sexta-feira, das 10h às 20h30, e aos sábados, das 14h30 às 20h30. A entrada é gratuita.

Não perca a oportunidade de explorar a fascinante relação entre os relógios de sol e a matemática. Prepare-se para se encantar com a precisão e a beleza destes instrumentos ancestrais. Descubra como a matemática pode mudar a nossa perspectiva do tempo e apreciar a genialidade das civilizações antigas!

PARTILHE NAS REDES
- PUBLICIDADE -

Você também pode gostar:

Colaboracao-e-Desenvolvimento-Social
Cultura
Celebrando 20 Anos de Colaboração e Desenvolvimento Social no Concelho do Seixal

O Maio Social está decorrer no concelho do Seixal com uma série de atividades

Novo-Skate-Park
Atualidade
Inauguração do Novo Skate Park em Corroios: Um Legado de Paixão e Determinação

Há muito esperado, o novo Skate Park de Corroios finalmente abriu as suas portas,

INSPIRATIO
Cultura
Descobrindo a Alma Artística de Ms. Ketam na Exposição "INSPIRATIO" da Galeria Municipal de Corroios

O mundo da arte é repleto de talentos únicos que nos convidam a mergulhar