“Pelo Sonho é que Vamos”: Uma Viagem Ilustrada Pela Vida de Sebastião da Gama em Palmela

A exposição de ilustração “Pelo Sonho é que Vamos – Sebastião da Gama e a Serra da Arrábida” está em exibição na Biblioteca Municipal de Palmela até 30 de março. Esta exposição comemora o centenário do nascimento de Sebastião da Gama, que fez parte da última edição do Festival de Ilustração em Setúbal.

Quem foi Sebastião da Gama?

Sebastião da Gama foi um poeta português nascido em Vila Nogueira de Azeitão, Setúbal. Ele concluiu o curso de Filologia Românica na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa em 1947 e começou a lecionar nesse mesmo ano, em Lisboa, Setúbal e Estremoz. Foi colaborador das revistas Árvore e Távola Redonda. Sebastião da Gama tornou-se conhecido pela sua dimensão humana, especialmente na sua interação com os alunos, registrada nas páginas do seu famoso diário. Literariamente, não dependia de nenhuma escola específica, afirmando-se através dos seus temas (amor pela natureza, pelo ser humano) e da franqueza muito pessoal que caracterizava os seus textos.

Acometido pela tuberculose, que lhe causaria a morte prematura, mudou-se para o Portinho da Arrábida, sendo as panorâmicas montanhas da Arrábida alimento para o culto da paisagem presente na sua obra. Entretanto, um Prémio Nacional de Poesia foi nomeado em sua homenagem.

Estreou-se com “Serra Mãe” em 1945. Publicou também “Loas a Nossa Senhora da Arrábida” (1946, em colaboração com Miguel Caleiro), “Cabo da Boa Esperança” (1947) e “Campo Aberto” (1951). Após a sua morte, foram publicados “Pelo Sonho é que Vamos” (1953), “Diário” (1958), “Itinerário Paralelo” (1967), “O Segredo é Amar” (1969) e “Cartas I” (1994).

A Exposição “Pelo Sonho é que Vamos”

A exposição “Pelo Sonho é que Vamos” é uma homenagem ao poeta Sebastião da Gama e à magnífica Serra da Arrábida, que inspirou grande parte da sua obra. A mostra é organizada pelo Município de Palmela e pela Associação Cultural Sebastião da Gama, e está inserida no Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 4 – Educação de Qualidade.

Os visitantes terão a oportunidade de apreciar diferentes ilustrações que retratam os poemas e a relação única do poeta com a natureza da Serra da Arrábida. A exposição é uma oportunidade imperdível para conhecer a obra de Sebastião da Gama e explorar a sua conexão com este belo cenário natural.

A exposição “Pelo Sonho é que Vamos” estará aberta ao público durante o horário de funcionamento da Biblioteca Municipal de Palmela: de terça a sexta-feira, das 10h às 19h, e aos sábados, das 14h às 19h (encerrado aos domingos, segundas-feiras e feriados).

Programação da Exposição

Durante o período da exposição, serão realizadas diversas atividades relacionadas à obra de Sebastião da Gama e à Serra da Arrábida. Os visitantes terão a oportunidade de participar em palestras, workshops e visitas guiadas, que proporcionarão uma imersão completa no universo do poeta.

A programação inclui palestras sobre a vida e a obra de Sebastião da Gama, conduzidas por especialistas e estudiosos da poesia portuguesa. Serão abordados temas como a relação do poeta com a natureza, a importância da Serra da Arrábida na sua escrita e a sua contribuição para a literatura do século XX.

Além disso, serão oferecidos workshops de ilustração, nos quais os participantes poderão aprender técnicas e expressar a sua criatividade ao retratar a paisagem e os poemas de Sebastião da Gama. Estes workshops serão ministrados por ilustradores de renome, que compartilharão as suas experiências e orientações com os participantes.

As visitas guiadas serão realizadas por guias especializados, que conduzirão os visitantes pela exposição, fornecendo informações detalhadas sobre cada ilustração e a relação com a obra do poeta. Será uma oportunidade única de aprofundar o conhecimento e apreciar a riqueza artística da exposição.

Como Visitar a Exposição

Para visitar a exposição, basta comparecer à Biblioteca Municipal de Palmela durante o horário de funcionamento mencionado anteriormente, a entrada é gratuita. Não é necessário fazer agendamento prévio.

Aproveite esta oportunidade para mergulhar no universo poético de Sebastião da Gama e apreciar as belas ilustrações inspiradas na Serra da Arrábida. A exposição “Pelo Sonho é que Vamos” certamente encantará os amantes da poesia, da arte e da natureza, proporcionando uma experiência enriquecedora e emocionante.

PARTILHE NAS REDES
- PUBLICIDADE -

Você também pode gostar:

Dia-Mundial-da-Danca
Lazer
Celebre o Dia Mundial da Dança: participe nas comemorações a 29 de abril!

O Dia Mundial da Dança é uma celebração global da arte da dança, que

Poesia-para-Jovens
Cultura
Concurso de Poesia para Jovens - inscrições até 15 de abril!

Se é um jovem poeta com talento para a escrita? Gostaria de ter a

Primaverar-Liberdades
Cultura
A Viagem... Primaverar Liberdades: A Exposição que Celebra a Liberdade

A exposição “A Viagem… Primaverar Liberdades” é uma das ações do programa “Abril para