Transborda: Mostra Internacional de Artes Performativas em Almada

Almada prepara-se para receber a quarta edição da Transborda – Mostra Internacional de Artes Performativas. Durante os dias 27 de abril a 12 de maio, o Fórum Municipal Romeu Correia, o Teatro Municipal Joaquim Benite e a Casa da Dança serão palco de espetáculos, laboratórios, performances e conversas que prometem encantar o público.

Uma Mostra Única no País

A Transborda é um evento singular no país, que consolida um contexto especial de artes performativas e aproxima públicos diversos a obras inovadoras de coreógrafos internacionais em Almada. A mostra não se limita apenas aos espetáculos, mas também promove a convivência entre culturas, destacando a importância de novas formas de cooperação.

Destaques da Programação

A programação da quarta edição da Transborda traz uma série de destaques que prometem encantar o público. Entre eles, podemos citar:

“Forces of Nature”, de Ivana Müller

A coreógrafa croata Ivana Müller, radicada na França, apresenta o espetáculo “Forces of Nature”. Esta obra constitui uma jornada coletiva por uma paisagem em constante transformação, que questiona o sentido e o potencial daquilo que temos em comum. Ivana Müller aborda temas como a noção de interdependência, a sustentabilidade dos recursos, a importância de cuidar e a necessidade de agir.

“The Hot One Hundred Choreographers”, ”Para tocar e não prender” e “Presentes”, de Christian Duarte

O coreógrafo Cristian Duarte traz à mostra três trabalhos imperdíveis. O solo “The Hot One Hundred Choreographers”, referência para a dança no Brasil, impele o público a navegar por um corpo que negoceia o seu próprio repertório e memória. ”Para tocar e não prender” é uma experiência coletiva com 30 participantes, que movimenta o corpo, a memória, as palavras e as coisas que nos atravessam na atualidade, criando arranjos para delirar a vida perante uma realidade insuportável. Já “Presentes” é um dueto em colaboração com a bailarina Aline Bonamin, que evoca memórias e explora a sua força capaz de produzir novos arranjos e sensações.

Pode descobrir o programa completo aqui.

Laboratórios, Conversas e Oficinas

A Transborda não se resume apenas aos espetáculos. O evento também proporciona oportunidades para aprofundar conhecimentos e trocar experiências. O laboratório intensivo de Ivana Müller permitirá que os participantes mergulhem nas suas investigações. Já Rafael Alvarez oferece um Laboratório de Dança Contemporânea exclusivo para maiores de 55 anos. Além disso, o crítico Ruy Filho dirige uma Oficina de Crítica e medeia conversas com os artistas, proporcionando uma imersão completa no universo das artes performativas.

Apoio e Parcerias

A quarta edição da Transborda é organizada pela Casa da Dança e conta com o apoio da DGArtes, Iberescena, Instituto Francês de Portugal e Câmara Municipal de Almada. Os espetáculos na Casa da Dança têm entrada livre, mediante reserva. Já os bilhetes para os espetáculos no Fórum Municipal Romeu Correia custam 6 euros (com desconto para jovens, seniores e grupos) e no Teatro Municipal Joaquim Benite custam 10 euros(com desconto para jovens e seniores).

A Transborda – Mostra Internacional de Artes Performativas promete encantar o público de Almada com espetáculos, laboratórios, performances e conversas que destacam a diversidade cultural e a importância das artes performativas. Não perca a oportunidade de participar neste evento único no país e vivenciar experiências enriquecedoras proporcionadas por coreógrafos internacionais. Reserve já o seu lugar e mergulhe no fascinante mundo das artes performativas em Almada.

PARTILHE NAS REDES
- PUBLICIDADE -

Você também pode gostar:

Almada-Celebra
Cultura
Almada Celebra 50 Anos do 25 de Abril: Uma Celebração da Liberdade

No dia 25 de abril de 1974, Portugal viveu um momento histórico que ficou

Conversas-com-o-Publico
Cultura
Conversas com o Público: Os Dias da Revolução no TMJB

Começa hoje um evento imperdível para todos os entusiastas da história e da cultura

Celebracao-dos-50-Anos
Cultura
Celebração dos 50 Anos do 25 de Abril de 1974: Exposição Fotográfica de Alfredo Cunha

O ano de 2024 marca o cinquentenário do 25 de Abril, um marco histórico