Para Tocar e Não Prender: Uma Experiência Coletiva de Dança Contemporânea

Nos dias 3 e 4 de maio, o Teatro Municipal Joaquim Benite apresentará o espetáculo “Para Tocar e Não Prender”, uma criação do coreógrafo Cristian Duarte. Esta performance de dança contemporânea promete mover o corpo, a memória, as palavras e as coisas que nos atravessam na atualidade, com o objetivo de criar arranjos para delirar a vida diante de uma realidade insuportável.

Cristian Duarte: Da Formação à Consagração

Cristian Duarte nasceu em São Paulo e iniciou a sua formação no Estúdio e Cia Nova Dança dessa cidade. Posteriormente, graduou-se na Performing Arts, Research and Training Studios de Bruxelas. Ao longo da sua carreira, Cristian tem-se destacado pela criação de contextos para experimentação e formação em dança.

As suas criações têm sido premiadas e apresentadas em diversos países, consolidando a sua posição como um dos principais coreógrafos brasileiros da atualidade. Em 2019, Cristian Duarte foi um dos curadores das Ações Artísticas da Bienal Sesc de Dança e já recebeu cinco prémios concedidos pela Associação Paulista de Críticos de Arte.

A Obra: “Para Tocar e Não Prender”

“Para Tocar e Não Prender” é uma obra que pretende provocar uma experiência coletiva, impulsionada por tudo o que nos compõe e nos comove. Através da dança, o espetáculo procura explorar a capacidade de sentir o sangue a correr nas veias, perfurando a carne cheia de sonhos, risos e lágrimas. A obra questiona se algum dia perderemos a capacidade de nos emocionar e move-nos a refletir sobre a relação entre a ficção e a realidade, utilizando uma abordagem que Cristian Duarte chama de “ficção química / dramaturgia tátil”.

Com duração de 60 minutos, “Para Tocar e Não Prender” envolve 30 performers selecionados por convocatória pública. A co-apresentação do espetáculo é feita em parceria com a TRANSBORDA/Casa da Dança. A classificação etária é maior de 6 anos e o bilhete pode ser adquirido pelo valor geral de 10€.

Calendário e Bilhetes

O espetáculo “Para Tocar e Não Prender” será apresentado nos dias 3 e 4 de maio, sexta-feira e sábado, às 21h, na Sala Experimental do Teatro Municipal Joaquim Benite, localizado na Av. Professor Egas Moniz, em Almada.

Os bilhetes para o espetáculo “Para Tocar e Não Prender” podem ser adquiridos aqui. O valor do bilhete é de 10€. No entanto, os membros do Clube de Amigos do Teatro Municipal Joaquim Benite têm desconto e pagam apenas 5€.

Com a direção de Cristian Duarte e a participação de 30 performers selecionados, “Para Tocar e Não Prender” pretende provocar reflexões sobre a realidade e a ficção, enquanto nos desafia a manter a capacidade de nos emocionarmos.

Se é apaixonado por dança e procura uma experiência artística única, não perca a oportunidade de assistir a este espetáculo no Teatro Municipal Joaquim Benite nos dias 3 e 4 de maio. Garanta o seu bilhete e embarque nesta viagem de emoções e movimentos.

PARTILHE NAS REDES
- PUBLICIDADE -

Você também pode gostar:

Submarino-Barracuda
Cultura
Redescobrir a História Marítima de Portugal: O Submarino Barracuda Transforma-se em Navio-Museu em C...

Após décadas de serviço leal à Marinha Portuguesa, o submarino Barracuda encontrou uma nova

Festival-para-a-Infancia-Sementes
Cultura
Festival para a Infância Sementes: Um Evento Imperdível na Margem Sul

O Festival para a Infância Sementes está de volta, trazendo consigo uma programação rica

Dona-Raposa-e-outros-animais
Cultura
Dona Raposa e outros animais: Uma jornada encantadora pelas fábulas de La Fontaine no TMJB

A Companhia de Teatro de Almada apresenta uma proposta encantadora para toda a família: